Boa noite!           Sexta 17/11/2017 23:10
SOPATI de ontem, hoje e amanhã

A Sociedade Paulista de Terapia Intensiva foi fundada em 1977 e tem história de constante progresso e prestígio crescente.

Sucessivos obstáculos foram vencidos e as gestões dos Drs. João A Máttar Filho (77-78), Mariza D'Agostino Dias (79-80), Rubens Teodoro Szynkier (81-84), Luiz Carlos Pássaro (85-86), José Otávio Costa Auler Jr. (87-90), Edmir Félix da Silva Jr. (91-92), Marcelo Moock (93-96) foram marcadas por estabelecer passos sempre adiante, no interesse dos intensivistas paulistas e brasileiros.

Até 1986, a SOPATI e seus presidentes, comandando diretorias altamente atuantes, foram decisivos no sentido de fundar a Associação de Medicina Intensiva Brasileira e lhe dar apoio político e financeiro para que pudesse estabelecer novas Regionais e obter auto-suficiência.

A entidade nacional era fundamental inclusive no sentido de que todos os intensivistas tivessem condições de obter Título de Especialista em UTI e com isso garantissem direitos profissionais.

Em âmbito local sucediam-se Cursos e Jornadas de Atualização Científica.
A gestão Auler Jr. pontificou por subsidiar e estimular os primeiros Cursos de Terapia Intensiva da SOPATI no Interior de São Paulo e a Comissão Científica encarregou-se de organizar e apoiar Cursos em Itapetininga, Itu, Ribeirão Preto e Sorocaba, primeiras cidades que demonstraram grande interesse na realização de tais eventos.

Em 1990, ocorreu o primeiro Congresso Paulista de Terapia Intensiva - COPATI, presidido pelo Dr. Elias Knobel, dando início a série de megaeventos promovidos pela SOPATI, com absoluto sucesso, superando até mesmo as dificuldades impostas pelo plano Collor.

Ainda neste período a SOPATI adquiriu sede própria, acanhada e mal localizada, é verdade, mas de acordo com suas posses no momento, e evitando que o custo absurdamente crescente dos aluguéis inviabilizassem a sua própria subsistência.

A gestão Edmir Félix da Silva Jr. consolidou os megaeventos "COPATI" e "Curso de Atualização", revezados ano a ano, e impulsionou cursos e encontros técnicos de enfermeiros e fisioterapeutas, oferecendo oportunidades para que também estes profissionais tivessem oportunidade de atualização e crescimento técnico e científico.

Marcelo Moock comandou o processo de descentralização da SOPATI. Em 1994, o III Congresso Paulista de Terapia Intensiva foi realizado em Campinas, com a presidência do Dr. Renato Terzi, e durante o evento, em 22/4/94, no Centro de Convenções da Unicamp, foi realizada Assembléia Geral Extraordinária para a criação dos Núcleos Regionais da SOPATI, decisão ratificada por Assembléia Geral Ordinária, levada efeito em 24/11/94, no Auditório do Hotel Maksoud Plaza.

Os Núcleos do Interior reuniram-se pela primeira vez em 1/4/95 no Auditório do Hospital Santa Rita e na ocasião combinou-se que se manteria calendário bianual para o COPATI e que ele seria realizado na maioria das vezes no interior do Estado de São Paulo, o que vem sendo rigorosamente cumprido, tal que o IV Congresso Paulista de Terapia Intensiva ocorreu em Campos do Jordão - 1996 (Núcleo do Vale do Paraíba – Presidente Carlos Eduardo P. Mouassab), o V COPATI na Capital, Hotel Transamérica, em 1998, o VI COPATI em S. José do Rio Preto, em 1999. e o VII COPATI em Ribeirão Preto, em 2001.

Por duas gestões (1997-2000), Dr. Flavio Monteiro de Barros Maciel mantém a SOPATI em franca expansão.

No ano 2001 assume a presidência o Dr. Luiz Antonio P. Factore, nosso querido ¨Totonho¨, que infelizmente falece alguns meses após. Foi uma fase difícil para a SOPATI, superada pela dedicação ímpar de seus dirigentes.  O VIII COPATI deu-se no Hotel Grand Hyatt, na Capital, em 2003.

A seguir em dois mandatos consecutivos, assume a presidência o Dr. Paulo Antoniazzi (2003-2006).  Pela primeira vez um colega do interior do Estado assumia a presidência da entidade. O IX COPATI  é realizado em Santos, em 2005. Nos anos subseqüentes o X (2007) e o XI COPATI (2009) e o XII (2011) são novamente realizados em Campos do Jordão em virtude da excelente estrutura, razões pelas quais a Diretoria atual optou por manter o  mesmo local para o XIII COPATI.

A presidência de SOPATI no biênio seguinte (2007-2008) foi ocupada pelo Dr. José Oliva Proença Filho  e em seguida pelo Dr. Antonio Capone Neto(2009-2010).

No ano 2011 assume a diretoria o Dr. Jorge Luis dos Santos Valiatti, tendo o seu mandato ampliado  até 2013, ato decidido em Assembléia geral realizada durante o Curso de Atualização da Sociedade, realizada em cidade de São Paulo em setembro de 2011. O alinhamento da eleições  com a AMIB e a necessidade de uma reforma estatutária  foram as razões da extensão do mandato. Nesta mesma assembléia geral  foi criado o Núcleo Regional de Presidente Prudente.

Além do grande apoio dado ao esplêndido desenvolvimento das atividades de Terapia Intensiva no Interior do Estado, que conta hoje com Serviços e profissionais do mais alto gabarito, a SOPATI pôde presentear todos os sócios com nova sede, linda, arejada e bem localizada.

Os estatutos foram renovados para modernizar e ampliar a participação societária como um todo e particularmente a atuação dos Núcleos Regionais. Uma nova reforma estatutária está  prevista para este ano. A  Diretoria atual nomeará em breve uma comissão de ex-presidentes da entidade para apresentar sugestões que serão levadas  Assembléia Geral no próximo COPATI.

A Comissão Científica da SOPATI tem tido desempenho esplêndido ao longo de toda a existência da Sociedade.

Desde 1983 os Cursos da SOPATI já eram contemplados com pequenas edições do tipo "Anais", que traziam os principais tópicos por escrito e em 1992 foi realizado o II Congresso Paulista de Terapia Intensiva e os participantes já foram presenteados com livro que apresentava, em edição de ótimo nível gráfico, os seus principais temas, pela primeira vez nos eventos de Terapia Intensiva no Brasil.

Em 1993, o livro patrocinado pela SOPATI "Pesquisa Clínica, Planejamento e Publicação", editado pelos Drs. Valter Nilton Felix e José Gerson Gerstler, foi distribuído aos inscritos no VI Curso de Atualização em Terapia Intensiva e tornou-se obra de referência para vários Programas de Pós-Graduação Brasileiros.

Este momento também marcou início de série de encontros sobre "Metodologia Científica e UTI", outro pioneirismo da SOPATI.
Os megaeventos, COPATI e Curso de Atualização, promovidos pela Sociedade nunca mais deixaram de ser acompanhados de livros do mais alto nível, todos catalogados pela BIREME, distribuídos a todos os inscritos sem custo adicional.

A SOPATI, em 1992, foi honrada com os direitos de tradução de uma das mais expressivas obras de Terapia Intensiva de todos os tempos, o Tratado de Terapia Intensiva de Schoemaker, Ayres, Grenvik e Holbrook.
Em 1993, fato também pioneiro, intensivistas de adultos, pediátricos, enfermeiros e fisioterapeutas pela primeira vez sentaram-se juntos à mesa para discutir Medicina Intensiva.

Desde então este fato tornou-se "marca registrada" da SOPATI em todos os seus megaeventos.

Os Cursos de Atualização sempre contaram com convidados estrangeiros, prática que vem sendo, desde 1995, estendida aos cursos de fisioterapia, permitindo salutar intercâmbio de conhecimento e possibilitando aos profissionais brasileiros o contato direto com os que atuam no exterior.

Em 1998, durante o V Congresso Paulista de Terapia Intensiva, o pioneirismo da SOPATI fez realizar pela primeira vez em eventos de Terapia Intensiva no Brasil:

  • Sessões de vídeos dos principais procedimentos em Terapia Intensiva, submetidos a discussão plenária;
  • Conferências utilizando "data-show";
  • Sessões de orientação de consulta bibliográfica para atualização ou pesquisa, com todos os atuais recursos, inclusive a Internet;
  • Acesso ao vivo à Internet em sessão plenária, com orientação de busca e coleta de dados.

Os megaeventos da SOPATI têm permitido ao longo destes anos ampliar extraordinariamente o número de palestrantes de temas de terapia intensiva, pois a renovação gradual e constante dos convidados tem permitido que  pessoas ligadas  ou não a  área acadêmica, mas de grande potencial didático e de pesquisa, colegas estudiosos de grande experiência, possam revelar-se ótimos transmissores de conhecimento. È importante salientar a participação sempre muita ativa dos profissionais da equipe multidisciplinar em todos os eventos da SOPATI. Destacam-se  a Enfermagem, a Fisioterapia, a Fonoaudiologia  e a Psicologia e certamente em breve Farmacêuticos e Odontólogos.

Este é um pouco do passado e do presente da nossa entidade. O futuro está aberto para ser escrito e certamente depende da participação efetivas de seus associados. Venha juntar-se a nós.