Bom dia!           Quarta 17/10/2018 07:12
As infecções se tornaram um desafio no ambiente hospitalar, sendo uma manifestação frequente no paciente grave, internado nas Unidades de Terapia Intensiva, devido à condição clínica destes pacientes e a variedade de procedimentos invasivos rotineiramente realizados, que determinam uma probabilidade entre 5 e 10 vezes maior de contrair uma infecção, representando cerca de 20% do total das infecções de um hospital. O papel do cirurgião dentista nesse ambiente pode auxiliar muito na diminuição de infecções graves, pois porcentagem considerável dessas infecções começa pela boca.

Quando um paciente está na UTI, muitas pessoas estão envolvidas em tomar decisões sobre os cuidados e a vida do paciente. Médicos, enfermeiras e vários profissionais que compõem a equipe da UTI fazem escolhas para este cuidado do dia-a-dia.