Boa noite!           Quarta 26/06/2019 23:15
Dr. Luciano César Azevedo, presidente futuro da SOPATI fala sobre a próxima gestão

Legenda: Dr. Luciano César Azevedo – Presidente Futuro da SOPATI – Gestão 2018-2019

Em 2018, o médico intensivista Dr. Luciano César Azevedo, assumirá por dois anos a presidência da SOPATI, ao lado de:

Vice-Presidente: Dr. Artur Figueiredo Delgado

1º Secretário: Dr. Danilo Teixeira Noritomi

2º Secretário: Dr. Neymar Elias de Oliveira

1º Tesoureiro: Dr. José Mauro Vieira Junior

2º Tesoureiro: Dra. Viviane Cordeiro Veiga

Diretor Científico Adulto: Dr. Alexandre Biasi Cavalcanti

Diretor Científico Pediátrico: Dr. Norberto Antonio Freddi

Confira a entrevista com o Dr. Luciano Azevedo:

News SOPATI - Quais foram as conquistas da gestão 2016-2017 que gostaria de destacar?

Dr. Luciano Azevedo –A gestão 2016-2017 foi muito prolífica nas suas atividades associativas e acadêmicas. Entre as principais conquistas, saliento a realização de eventos multidisciplinares em São Paulo e no pré-COPATI, a periodização das reuniões cientificas, a criação da área do associado onde os membros da sociedade podem visualizar a gravação destas aulas e a criação da assessoria jurídica, onde os membros podem ter consulta para fins advocatícios com desconto em relação a questões de defesa profissional, por exemplo.


News SOPATI - A sua gestão dará continuidade a quais delas? Por que?

Dr. Luciano Azevedo - Acredito que todas são importantes para o desenvolvimento continuado da nossa especialidade e a inserção de novos associados na SOPATI. Assim, daremos continuidade aprimorando cada uma dessas ações. Por exemplo, sabemos que um número importante de sócios é composto por pediatras e neonatologistas, então, queremos realizar atividades cientificas periódicas especificas para esse público. Do mesmo modo, deveremos fazer reuniões cientificas multidisciplinares.


News SOPATI - Quais são as propostas inovadoras previstas para os próximos dois anos que você gostaria de destacar?

Dr. Luciano Azevedo - Nossa gestão acredita que precisamos aumentar o interesse dos novos profissionais da área de saúde em terapia intensiva. Assim, queremos organizar cursos continuados de UTI para acadêmicos da área de saúde, com atividades teóricas e práticas, que visem introduzir os temas de UTI para as gerações atuais e consolidar nossa especialidade no cenário nacional. Ainda enfocando o ambiente multidisciplinar da UTI, vamos reanalisar os departamentos da SOPATI, e se houver possibilidade de acordo com o número de profissionais inscritos na sociedade, criarmos novos departamentos ou pelo menos comitês incluindo os diversos membros da equipe multiprofissional.


News SOPATI - Qual a importância da parceria entre a SOPATI e AMIB?

Dr. Luciano Azevedo - A parceria é crucial para o bom desenvolvimento das atividades de ambas. Cerca de um quarto dos sócios da AMIB são do Estado de São Paulo e, como tal, tem a SOPATI como sua regional. Assim, questões como eventos em SP, defesa profissional, realização dos cursos AMIB em São Paulo se beneficiarão da parceria que temos com a gestão AMIB e que deverá se consolidar nos próximos dois anos.


News SOPATI - Qual a importância dos Núcleos Regionais da SOPATI e como a sua gestão trabalhará com eles?

Dr. Luciano Azevedo - Os Núcleos Regionais são uma parte fundamental das atividades da nossa sociedade. Como a capital de São Paulo concentra um grande número de eventos da AMIB e de outros, queremos interiorizar ainda mais a SOPATI. Para tanto, queremos ter em cidades fora da capital atividades periódicas vinculadas aos Núcleos, para convidarmos novos associados e conhecermos a realidade da terapia intensiva do interior do nosso estado.


News SOPATI - Qual a sua mensagem de presidente eleito aos profissionais da terapia intensiva do Estado de São Paulo

Dr. Luciano Azevedo - Caros colegas sócios da SOPATI, queremos tornar essa gestão a mais democrática possível. Em caso de queixas, sugestões, ideias para aprimorar nossas atividades, por favor entrem em contato conosco. Participem das atividades científicas e associativas da nossa sociedade e vamos tornar a terapia intensiva de São Paulo ainda mais forte.